O TE-ATO comemorou, em 2012, 35 anos de actividade. 


Até ao momento, contam-se em quase um centena as suas produções, de autores como Aristófanes, Cervantes, Beolco, Tchekhov, James Joyce, Lorca, Arnold Wesker, Molière, Robert Walser, Harol Pinter, Yasmina Reza, Ovídio; e com especial ênfase para a dramaturgia nacional: Jaime Salazar Sampaio, Miguel Franco, Norberto Ávila, Eça de Queiroz, Jacinto Lucas Pires, Fernando Ribeiro, João Lázaro e Sandra José (estes últimos como dramaturgos residentes). Saber mais...


Ao longo da sua história vem desenvolvendo diversos tipos de actividade: 

  • formação e apoio a grupos de teatro de amadores;
  • preparação técnica de actores e técnicos (sendo que muitos destes seguiram directamente para outras Companhias profissionais e/ou o Ensino Superior na área do Teatro);
  • formação de professores na área da expressão dramática;
  • actividade lectiva na área da Expressão Dramática em Escolas Profissionais;
  • diversas intervenções em debates, colóquios e congressos sobre teatro;
  • co-produção de um filme com formas animadas financiado pelo Projecto PETRA;
  • co-produção de um espectáculo de espectáculos de ópera com o Orfeão de Leiria e a SAMP;
  • pós-produção e realização temática para a TV;
  • cedência de actores para publicidade televisiva, actores convidados para filme de formação pedagógica, actores em filmes temáticos (um dos quais premiado no Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz), Prémio RCL;
  • presidência do Júri das Escoliadas entre 94/97;
  • textos de reflexão sobre teatro publicados em vários jornais e revistas;
  • prefácios a peças publicadas de Jaime Salazar Sampaio;
  • exposições de Artes Plásticas no espaço Galeria;
  • diversas sessões públicas temáticas e com convidados do panorama cultural português;
  • apoio técnico a várias produções de outras Instituições;
  • actor cedido para o elenco do filme “Até Amanhã Camaradas” a partir da obra homónima de Álvaro Cunhal, realização de Joaquim Leitão, 2004;
  • residência Artística “Artistas Unidos”;
  • presença do seu Director Artístico como Técnico Especialista da Comissão de Acompanhamento e Avaliação para a área do Teatro e Cruzamentos Disciplinares
  • da Direcção Regional de Cultura do Centro;
  • co-autoria do Programa para a componente de Formação Técnica na Disciplina “Área das Expressões”, para o Curso de Animador Sociocultural da Agência Nacional para a Qualificação.
  • O TE-ATO (Grupo-Teatro de Leiria), foi fundado em 1977 no âmbito das actividades culturais do Centro Popular de Cultura e Recreio das Cortes, onde se manteve até 1985, sob a designação de TEAR-TAC (Grupo de Teatro de Amadores das Cortes).


Pela inovação das suas criações e consequente afluência de espectadores e elementos activos residentes na cidade de Leiria, transfere-se para o Ateneu Desportivo de Leiria, onde se mantém entre 1986 e 1990, então com o nome de TEAR-TAAL (Grupo de Teatro de Amadores do Ateneu Desportivo de Leiria).


Em 1991 são publicados em Diário da República os seus estatutos, como Instituição Cultural sem fins lucrativos.


De 1991 a 1995 sedia-se em instalações provisórias graciosamente cedidas, e de 1996 à actualidade aluga as instalações onde desenvolve a sua actividade permanente: a Sala Jaime Salazar Sampaio.

©2014 TE-ATO. Todos os direitos reservados.